Logotipo

Área do associado

Logo Boavista

Notícias


Microempreendedores devem estar atentos na mudança do Simples Nacional

Foto
06/02/2018

Já está em vigor a nova tabela do novo Simples Nacional, que recebeu uma série de mudanças em relação ao modelo antigo. Uma das principais diferenças está no limite de receita bruta anual do microempreendedor individual (MEI), que passará de R$ 60 mil para R$ 81 mil.


“A última alteração que houve no faturamento do MEI foi em 2012 e esse aumento permitirá que os MEIs tenham uma receita bruta maior”, explica o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. 

O microempreendedor também deverá ficar atento no novo limite de receita bruta que vai de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões, a tributação progressiva que permite um aumento gradual da carga tributária e o fator emprego, que permite uma redução dos impostos para quem emprega mais. “São mudanças que representam verdadeiros avanços para os empresários, estimulam o crescimento, tornam o regime tributário mais justo e facilitam uma transição suave”, explica Afif.

 
O Sebrae disponibilizou uma página para tirar todas as dúvidas sobre as mudanças em http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/o-que-voce-precisa-saber-sobre-as-mudancas-na-lei-geral,bf3f040a2c620610VgnVCM1000004c00210aRCRD

Publicidade


Receba novidades por e-mail